❯ Dieta do Ovo | Conquiste o Peso Ideal com 1 Simples Alimento! 🍳

❯ Dieta do Ovo | Conquiste o Peso Ideal com 1 Simples Alimento! 🍳
4.8 (96%) 9434 votos

Olá! A dieta do ovo consiste na inclusão desse ingrediente no cardápio diário. Apesar de não haver um plano alimentar fixo ou rígido, a ideia é substituir a maioria das proteínas pelo ovo ou incluí-lo em cada refeição principal.

 

O ideal é planejar a rotina alimentar com a ajuda de um nutricionista para que não haja carência nutricional ou o consumo excessivo de proteínas, já que o ovo é um alimento altamente proteico.

 

A preferência é pelo tradicional ovo cozido, no entanto, ele pode ser preparado no estilo pochê ou cozido com pouca água para não alterar seu valor calórico. Além de promover a saciedade, quando cozido, o ovo faz com que sejam gastas mais calorias em sua digestão.

 

🔎 Descubra mais: Diferentes Dietas para Perder Peso Hoje!

 


Leia Também ↓↓: 

Composto que “Seca Barriga” e Tira Inchaço Vira Febre em São Paulo!

Elimine as Celulites DEFINITIVAMENTE em 7 dias usando Isso… ???

Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar…


 

Como Funciona a Dieta do Ovo?

 

A dieta do ovo é baseada em incluir de 2 a 4 ovos por dia nas refeições, tornando a dieta rica em proteínas e altamente saciante, afastando a fome por mais tempo.

 

Cardápios e dietas do ovo se popularizaram prometendo perda de peso e bons resultados à saúde. Aliado com uma boa alimentação e exercícios físicos, o alimento pode trazer ótimos resultados ao coração, ao ganho muscular e ao emagrecimento.

 

O ovo também ajuda a regular o colesterol e é rico em proteínas, estimulando um maior gasto de energia pelo metabolismo corporal.

 

Regras da Dieta do Ovo!

 

A dieta do ovo deve durar, no máximo, 2 semanas, e nela os ovos são incluídos sempre no café da manhã, mas também podem ser usados em outras refeições leves ao longo do dia.

 

Além de aumentar o consumo de ovos, a dieta também inclui um maior consumo de alimentos frescos e leves, como saladas, frutas, frango, peixes e gorduras boas, como azeite, castanhas e sementes.

 

Como em toda dieta, é proibido consumir alimentos, como: Bebidas alcoólicas, refrigerantes, sucos prontos, doces, frituras, comida pronta congelada ou em pó, fast food e excessos no uso de sal.

 

Vantagens da Dieta do Ovo!

 

A dieta do ovo é vantajosa por não ser tão restritiva em calorias e por manter um equilíbrio adequado no consumo de alimentos. Por ser rica em proteínas, ela gera uma maior saciedade e faz com que o metabolismo funcione melhor, queimando mais calorias.

 

Além disso, por não ser tão restrita e permitir um bom consumo de calorias, ela também permite a prática de exercícios leves e moderados, como caminhada, dança e musculação moderada, para ajudar na perda de peso.

 

Acompanhe os outros benefícios:

 

É um alimento de baixo custo e fácil de encontrar;

● O aumento de proteínas auxilia na construção e manutenção muscular;

● O ovo é considerado um superalimento, devido ao alto valor nutricional;

● Tende a promover a saciedade. Por ser pobre em carboidratos, não causa picos glicêmicos;

● Em geral, pode ser adaptada de acordo com a rotina e preferências.

 

Para Quem Serve a Dieta do Ovo?

 

Os benefícios mais evidentes da dieta são a perda de peso e o aumento da massa magra. Quem deseja reduzir medidas mais rapidamente pode optar por um cardápio mais restrito, que é planejado com pouca ingestão energética e índices maiores de proteína, favorecendo que o corpo queime mais calorias do que consome.

 

Além disso, o ovo complementa a alimentação, sendo um produto rico em diversos nutrientes essenciais ao organismo. Pessoas que desejam reduzir medidas, aumentar a massa magra e recuperar melhor os músculos após atividades físicas podem recorrer à dieta.

Para aumentar a ingestão de proteínas pobres em gordura e carboidratos, reduzindo os picos de insulina, a dieta também se mostra bastante eficiente.

 

O padrão mais restrito, geralmente, é feito por 3 ou 5 dias e promete reduzir a partir de 3 quilos sem afetar a composição muscular.

 

Outro modo de aliar o ovo na dieta é consumi-lo com mais frequência, até diariamente, mas sem baixar os níveis calóricos drasticamente. A modalidade é bastante frequente por quem realiza exercícios de hipertrofia (aumento de massa magra), pois o alimento é uma fonte de proteína acessível e de alto valor biológico.

 

Dieta do Ovo Emagrece?

 

Se a redução de calorias for mantida ou reduzida, a dieta do ovo auxilia na diminuição do peso. No entanto, para alcançar melhores resultados, é necessário aliar uma alimentação equilibrada a hábitos saudáveis e à prática de atividades físicas.

O alto nível de proteína faz com que alimento dê maior saciedade e reduza os picos de insulina, minimizando a vontade de comer novamente após poucas horas.

 

Outro fator que pode auxiliar no emagrecimento é a digestão mais lenta do ovo. Esses fatores fazem com que a dieta diminua naturalmente a quantidade de alimentos ingerida, acarretando na perda de peso.

 

Além disso, quando associada à musculação, a dieta promove o aumento da massa muscular e, consequentemente, acelera o metabolismo, fazendo com que células de gordura sejam reduzidas.

 

🔎 Veja também: Dieta Low Carb!

 


Leia Também ↓↓: 

Composto que “Seca Barriga” e Tira Inchaço Vira Febre em São Paulo!

Elimine as Celulites DEFINITIVAMENTE em 7 dias usando Isso… ???

Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar…


 

Como Fazer a Dieta do Ovo?

 

Nos casos em que não há cardápios prontos, as dietas podem ser planejadas através da associação de ovos cozidos ou mexidos com outros alimentos proteicos, de baixo índice glicêmico (pouco carboidrato) e poucas gorduras.

 

Para fazer trocas equivalentes no cardápio, é possível fazer a comparação de proteínas e escolher aqueles alimentos aproximados.

 

Há grupos alimentares que podem ser facilmente substituídos, como:

 

Proteínas: Filé de frango grelhado, filé de peixe grelhado ou assado, porção de atum enlatado, carnes vermelhas magras grelhadas;

➜ Fibras e Vitaminas: Verduras, legumes e frutas podem ser acrescentados ou alterados no cardápio, variando os nutrientes ingeridos. Por exemplo, abobrinha, cenoura, couve, brócolis;

➜ Saladas: Folhas verdes podem ser facilmente alteradas, como alface, rúcula e agrião;

➜ Carboidratos: Exceto nas dietas da batata-doce, as fontes de carboidrato podem ser alteradas em cada refeição, como aveia, arroz integral, banana ou outros cereais integrais.

 

É recomendado aumentar o consumo de fibras e manter a hidratação.

Por isso, o consumo de saladas e cereais integrais, conjuntamente com quantidades adequadas de água, ao menos 2 litros diários, evita a constipação.

 

Para quem quer aumentar a massa muscular ou acelerar o emagrecimento, aliar atividades físicas e manter o sono regulado favorecem os resultados, pois ambas melhoram o bem-estar e diminuem a ansiedade, que pode impedir o prosseguimento da dieta.

 

Para fazer a reeducação alimentar, é necessário elaborar um plano a longo prazo. A ideia é que não seja uma rotina difícil ou cansativa de seguir. A premissa, portanto, é não restringir nenhum alimento e não seguir nenhum cardápio rígido.

Assim, segue-se uma dieta equilibrada e permissiva, em que, de modo geral, todos os alimentos são permitidos, exceto em casos de alergia ou intolerância.

 

Um nutrólogo ou nutricionista deve auxiliar na reeducação a fim de construir um cardápio adequado, suprindo as necessidades nutricionais e trazendo uma relação saudável com a comida.

Então, o ovo pode ser inserido de acordo com as preferências alimentares de cada pessoa.

 

Por exemplo, é possível variar os modos de preparo, optando por fazê-lo cozido, mexido, omelete e, inclusive, frito. Como a reeducação alimentar não pré-define um cardápio, a ingestão também pode variar de quantidade e de frequência, mantendo sempre escolhas equilibradas e que tragam satisfação alimentar.

 

Cardápio da Dieta do Ovo!

 

O cardápio abaixo irá seguir a orientação de um estudo americano de incluir ovo todos os dias no café da manhã para controlar a sua fome desde cedo.

 

Monte seu cardápio escolhendo uma opção de café-da-manhã, uma de lanche da manhã, uma de almoço, uma de lanche da tarde e uma de jantar.

Você pode repetir as suas escolhas nos outros dias.

 

Café da Manhã:

 

• Opção 1: 1 copo (200 ml) de suco de laranja + 1 ovo com pão ou torrada + 1 taça de gelatina diet

• Opção 2: 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante + 1 ovo com pão ou torrada + 8 morangos (ou 1 fruta da sua preferência)

• Opção 3: 1 xíc. de chá verde com hortelã + 1 ovo com pão ou torrada + 1 taça pequena de fruta picada (mamão, maçã) com 2 col. (sopa) de iogurte com mel light

 

Lanche:

 

• Opção 1: 1 pera (ou outra fruta de sua preferência)

• Opção 2: 1 barrinha de cereais light

• Opção 3: 2 cookies pequenos light

 

➤ Almoço:

 

• Opção 1: 1 prato (sobremesa) de salada de rúcula, palmito e rodelas de laranja + 2 col. (sopa) de arroz (de preferência, integral) + 1 col. (sopa) de feijão + 1 filé médio (150 g) de peixe grelhado (ou assado) + 1 taça de salada de frutas

• Opção 2: 1 prato (sobremesa) de salada de folhas verdes (alface, rúcula, agrião), temperada com 1 col. (chá) de azeite de oliva, sal e limão + 2 col. (de servir) de macarrão ao sugo + 1 bife médio (150 g) grelhado + 1 taça de gelatina diet com frutas picadas

• Opção 3: 1 prato (sobremesa) de salada de alface com cenoura ralada e tomate cereja, temperada com 1 col. (chá) de azeite de oliva, sal e limão + 1 pedaço médio (150 g) de frango assado com 2 batatas pequenas assadas + 1 fatia de papaia com gotas de limão

 

➤ Lanche:

 

• Opção 1: 1 iogurte de frutas light + 1 torrada light + 1 col. (sobremesa) de geléia de frutas vermelhas diet

• Opção 2: 1 capuccino pequeno com leite desnatado e adoçante + 1 biscoito cream craker integral + 1 Polenguinho Light

• Opção 3: 1 iogurte natural desnatado com 1 col. (sobremesa) de mel e aveia + 1 punhado (30 g) de castanhas e frutas secas

 

➤ Jantar:

 

Opção 1: 1 copo (200 ml) de vitamina (leite ou iogurte desnatado batido com fruta e adoçante) + 1 ovo cozido + 1 sanduíche (2 fatias de pão integral, 2 fatias de peito de peru, 2 col./sopa de queijo cottage com sal e azeite e folhas verdes) + 1 taça de gelatina diet (sugestão: bata a gelatina pronta com a vitamina)

• Opção 2: 1 prato (fundo) de sopa de lentilha com queijo cottage e ovo cozido (ou sopa de abóbora com frango desfiado e ovo) e 1 torrada integral + ½ papaia com gotas de limão

• Opção 3: 1 prato (sobremesa) de salada completa com ovo cozido: folhas verdes (alface, rúcula, agrião) com 2 mussarelas de búfala pequenas, 3 col. (sopa) de atum light, ovo cozido em rodelas e tomate cereja, temperada com 1 col. (sobremesa) de azeite de oliva, sal e mostarda + 8 morangos com 3 col. (sopa) de iogurte light

 


Leia Também ↓↓: 

Composto que “Seca Barriga” e Tira Inchaço Vira Febre em São Paulo!

Elimine as Celulites DEFINITIVAMENTE em 7 dias usando Isso… ???

Mulher Emagrece 22,7kg e conta sua história no Bem Estar…